The Wonders of My Universe

Junho 25 2009

Como prometido, vou fazer uma ("breve") descrição de como correu a minha primeira hospedagem a elementos do CouchSurfing (CS).

 

Ao final da tarde da passada quinta-feira (18 de Junho), como combinado previamente, fui a Campanhã buscar os meus guests. Desde logo houve empatia embora naturalmente que no inicio, pelo menos da minha parte devido à inexperiência de alojar desconhecidos, tenha havido também um certo cuidado. Mas tanto o Fabricio (brasileiro) como a Kásia (polaca) tenham mostrado logo que iria ser uma experiência engraçada e que eram bastante simpáticos e comunicativos.

 

Nesse dia de manhã utilizei o site do CS para marcar um jantar entre os membros, numa especie de recepção aos meus convidados. Apesar de poucos me conhecerem e de ter sido marcado no próprio dia, houve a prova de que o espirito CS é grande uma vez que apareceram cerca de 15 pessoas.

 

Depois de os ter levado a casa para se instalarem e tomarem um banho, partimos para a Cordoaria, uma vez que o jantar tinha sido marcado nessa zona. O jantar foi animado, deu para conhecer "novos" elementos que anteriormente não conhecia bem como começar a conhecer os hóspedes que nos próximos dias iriam partilhar casa comigo. É engraçado que apesar do jantar ter sido com elementos do CS, pouco se fala de experiências desse nivel nos jantares que se organizam. Fala-se da vida, de viagens e de qualquer outro assunto que um grupo de amigos que se conheça à bastante tempo fala. O jantar correu bem, mas como no dia seguinte o Fabricio tinha o inicio da conferência (motivo pelo qual estava no Porto) pelas 23h00 regressamos a casa, até porque ele ainda tinha que ultimar os preparativos da sua apresentação. Chegados a casa perguntou-me se era possível utilizar o computador durante a noite para organizar a preparação. Embora ainda estivesse um bocado de pé atrás (confesso), permiti naturalmente que o fizesse e andasse à vontade durante a noite entre o quarto e o escritório onde está o computador. Sem qualquer problema de registo.

 

No dia seguinte (sexta-feira, 20 Junho) às 8h00 partiam ambos para a conferência. Só os tornei a ver ao inicio da noite. Noite essa que foi passada em minha casa a beber um vinho do Porto, com a presença de um amigo meu também, e a falarmos de tudo e mais alguma coisa.

 

Surge-me agora o momento de apresentar um pouco os meus convidados. O Fabricio é natural de S. Paulo, tem 26 anos, é licenciado em Direito e em Relações Internacionais (no Brasil) e está de momento em espanha a tirar um mestrado. A Kásia tem 23 anos, vive perto de Cracóvia e é licenciada e tem um mestrado na área de Biologia. Após esta introdução é fácil de reparar que tanto um como o outro são educados, cultos e com facilidade de comunicação, o que torna tudo muito mais fácil. A estadia deles em minha casa estava prevista terminar no dia seguinte, uma vez que tinha ficado combinado alojar-lhes duas noites. Mas após os ter conhecido melhor e ter visto que era boas pessoas (e acreditem testei de várias formas) alargamos a estadia até domingo.

 

Na manhã seguinte foram para o resto da conferência e encontramo-nos em minha casa pelas 14h00. De lá partimos para a ribeira para almoçar uma francesinha e mostrar-lhes a zona. A Kásia já tinha explorado bastante da cidade durante o periodo da conferência, mas o Fabricio ainda não tinha visto (quase) nada. Depois do almoço e devido ao tempo quente que se sentia, resolvemos ir para as praias de V.N.de Gaia. Convém referir que, embora isso não seja muita surpresa, o contacto da Kásia com praias seja diminuto e por isso a vontade em ir a uma, o contacto do Fabricio (brasileiro de gema) também é diminuto. Como nota de curiosidade, da cidade dele até às praias brasileiras são mais de 600 kms, o que faz com que ele também poucas vezes tenha ido à praia (pelo menos brasileiras).

 

A tarde como se esperava correu bem, o calor era muito e a temperatura da água do mar, embora fria ao inicio, tornava-se bastante aceitável com o hábito.

 

À noite, fez-se novo jantar em minha casa onde se ficou à conversa até depois das 3h00.

 

No dia seguinte partiriam às 10h00 em direcção a Campanhã onde iriam apanhar o comboio em direcção à Régua (para a visitarem durante o dia) e posteriormente a Vila Real onde passariam a noite na casa de outro membro do CS. Na despedida tiveram a bondade de dizer que a estadia comigo tinha sido das melhores experiencias de CS que tiveram, o que obviamente (seja verdade ou não) me deixou contente.

 

 

Posto isto, fiquei fã de alojar e com curiosidade em ser alojado, experiência essa que tenho muita vontade em iniciar este verão. A ver vamos...

 

 

publicado por Wonder Shadow às 10:51

Gostei de saber que a tua experiência correu muito bem.
É sempre bom partilhar novas experiências, outras formas de vida e de pensar.
Um dia espero vir aqui e ler sobre a tua estadia nalgum ponto do mundo

Beijos

Manu
Existe um Olhar a 25 de Junho de 2009 às 12:45

Eu gostei bastante da experiência e tive sorte de me calhar um casal porreiro e bem disposto. Já se inscreveu no site? ;)

Beijos

Bem essa sim foi uma boa experiencia, aposto que vais voltar a abrir a tua casa! :) é muito bom conhecer pessoas de diferentes culturas...

Acho que depois desta minha fase menos boa, também vou aderir!

Beijinho grande
100jeito a 2 de Julho de 2009 às 21:46

Não digas isso se não arranjo forma de te animar e esqueceres eventuais fases menos boas que tenham passado e daqui a dois dias já tens turistas em tua casa ;)

Beijinho grande

mais sobre mim
Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
22
23
24
26
27

28
29
30


pesquisar
 
Visitas
Academias
Contador de visitas
blogs SAPO