The Wonders of My Universe

Março 24 2009

Saudades do que não tenho

Saudades do que não vi

No estirador esboço um desenho

De um sentimento afeiçoado a ti

E é lá que nasce tudo

E é lá que quem fala sai mudo

E é lá que quem vê sai cego

E é lá que surge o apego

Por ti

 

E para quê falar se não for contigo

E para quê ver se não for a ti

E com quem irás ficar se não for comigo

E para onde ir se não for para aí

Onde tu estás

 

Saudades do que nunca senti

Saudades do que nunca vivi

No estirador fico a aguardar

Quem me imobiliza com um mero olhar

E é lá que nasce tudo

E é lá que quem ouve sai surdo

E é lá que quem mói sai moído

E é lá que se fica perdido

Por ti

 

E para quê ouvir se não for a tua voz

E para quê moer se não por ti

E por quê sorrir se não for por nós

E onde estar se não for aí

Onde tu também estás

 

publicado por Wonder Shadow às 12:08
Tags:

Março 24 2009

A storm is starting somewhere near

I close my eyes and see you smiling

It feels like if you were here

Protecting me from all that lightning

 

The breeze is starting to rise

I feel the cold of the wild wind

Turning everything into ice

The rain starts falling violently

 

It closes every door I´ve opened

And keeps you apart of me

I wish I could feel your warmth

You are all I want to see

 

Come, come, come to me

Stay, stay I will go to you

 

Doesn´t matter how stormy it is

You are my sunshine light

While I´m with you there is no breeze

During the day, during the night

 

I wish I could give you a kiss

And share with you all my bliss

While I´m with you there is no rain

During the night, during the day

publicado por Wonder Shadow às 10:53
Tags:

mais sobre mim
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
14

16
18
19
21

22
23
25
28

29
30


pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO